O que é e para que serve o protocolo HTTP?

O que é e para que serve o protocolo HTTP?

<p>&Eacute; um protocolo da camada de Aplica&ccedil;&atilde;o do modelo OSI utilizado para transfer&ecirc;ncia de dados na rede mundial de computadores, a <strong>World Wide Web</strong>. Tamb&eacute;m transfere dados de hiper-m&iacute;dia (imagens, sons e textos).</p> <p>Normalmente, este protocolo utiliza o porta 80 e &eacute; usado para a comunica&ccedil;&atilde;o de &quot;sites&quot; (s&iacute;tios), comunicando na linguagem <strong>HTML (Hipertext Markup Language, ou Linguagem de Marca&ccedil;&atilde;o de Hipertexto)</strong>. Contudo, para haver comunica&ccedil;&atilde;o com o servidor do site &eacute; necess&aacute;rio utilizar comandos adequados, que n&atilde;o est&atilde;o em linguagem HTML.</p> <p>Para acedermos a outro documento a partir de uma palavra presente no documento actual podemos utilizar os chamados links/ (liga&ccedil;&otilde;es) ou &acirc;ncoras. Estes documentos encontram-se num &quot;site&quot; (s&iacute;tio) com um endere&ccedil;o de p&aacute;gina da Internet – e para entrarmos neles devemos digitar o respectivo endere&ccedil;o, denominado <strong>URL&nbsp;(Universal Resource Indentifier ou Identificador Universal de Recurso)</strong>, que n&atilde;o deve ser confundir com URL (Universal Resource Locator ou Localizador Universal de Recurso), um tipo de URL&nbsp;que pode ser directamente localizado.</p> <h3>Funcionamento do protocolo HTTP</h3> <p>Um <strong>sistema de comunica&ccedil;&atilde;o em rede</strong> possui diversos protocolos que trabalham em conjunto para o <strong>fornecimento de servi&ccedil;os</strong>. Para que o protocolo HTTP consiga <strong>transferir seus dados pela Web</strong>, &eacute; necess&aacute;rio que os protocolos <strong>TCP e IP (Internet Protocol, Protocolo de Internet)</strong> tornem poss&iacute;vel a conex&atilde;o entre <strong>clientes e servidores</strong> atrav&eacute;s de sockets TCP/IP.</p> <p>De acordo com <strong>Fielding et al</strong> (1999, p. 10), o HTTP utiliza o modelo cliente-servidor, como a maioria dos protocolos de rede, baseando-se no paradigma de requisi&ccedil;&atilde;o e resposta. Um programa <strong>requisitante (cliente)</strong> estabelece uma conex&atilde;o com um outro programa <strong>receptor (servidor)</strong> e envia-lhe uma requisi&ccedil;&atilde;o, contendo a <strong>URI</strong>, a vers&atilde;o do protocolo, uma mensagem <strong>MIME (padr&atilde;o utilizado para codificar dados em formato de textos ASCII para serem transmitidos pela Internet)</strong> contendo os modificadores da requisi&ccedil;&atilde;o, informa&ccedil;&otilde;es sobre o cliente e, possivelmente, o conte&uacute;do no corpo da mensagem.</p> <p>O servidor responde com uma linha de status <strong>(status line)</strong> incluindo sua vers&atilde;o de protocolo e um c&oacute;digo de opera&ccedil;&atilde;o bem sucedida ou um c&oacute;digo de erro, seguido pelas informa&ccedil;&otilde;es do servidor, metainforma&ccedil;&otilde;es da entidade e poss&iacute;vel conte&uacute;do no corpo da mensagem. Ap&oacute;s o envio da resposta pelo servidor, encerra-se a conex&atilde;o estabelecida.</p> Por: Wikipedia – Wikipedia

Deixe uma resposta

9 − 4 =